ISSN: 1678-4006
Responsabilidade/Sustentabilidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro de 2019, 02:02:38


 
 BENCHMARK
 CALL CENTER BRASIL
 CASES/PREMIAÇÕES
 EXECUTIVOS
 INTERNET/REDES SOCIAIS
 MARKETING E MERCADO
 MOBILIÁRIO CORPORATIVO
 OPORTUNIDADES
 PESQUISA DE MERCADO
 PRODUTOS E SERVIÇOS
 PROMOÇÕES
 PUBLICAÇÕES
 RECURSOS HUMANOS
 SAÚDE
 TECNOLOGIA TI/TIC
 TREINAMENTO


 
PUBLICIDADE

 

 

 


 
 

 
Notícias

Relatório traça perfil da situação dos serviços de ASP no Brasil

Relatório da IDC Brasil ASP Brazil 2001 - Is there a market?, aponta que o segmento dos serviços de ASP (Application Service Provider) ainda apresenta dificuldades em tornar-se um modelo de negócios rentável no nosso mercado Segundo a IDC, isso ocorre apesar dos serviços de ASP (Application Service Provider) representarem uma excelente estratégia para as empresas aumentarem seus portfólios e inúmeros benefícios para seus usuários.

Além da imaturidade do mercado continuar dificultando a adesão a estes serviços, os dados apontam que outra forte barreira para a entrada do segmento de ASP no país é o preço da infra-estrutura. A capacidade ociosa dos provedores destes serviços ainda é um fator importante e é o que mantém elevados os custos da infra-estrutura de comunicação de dados, da mão-de-obra especializada, hospedagem e gerenciamento do aplicativo.

“A oferta de serviços de aplicativos é um mercado recente, que ainda não terminou de se estruturar e acaba prometendo muito mais do que pode cumprir. Ainda não surgiu no Brasil um mercado preponderante ou um modelo mais consolidado de negócio. Mesmo assim, com todas as dificuldades atuais e com os próprios fornecedores tendo de driblá-las, as estimativas de crescimento deste mercado são seguras, dados os benefícios que tem a oferecer”, diz Frederico Thompson, analista da IDC Brasil.

A IDC não identificou no Brasil empresas que tenham no modelo ASP a sua única fonte de faturamento, com os lucros gerados somente a partir do aluguel de aplicativos.  O que foi possível detectar no mercado é a oferta de serviços de customização, o que evidencia a dificuldade em se oferecer ferramentas padronizadas, que é uma das maiores fontes de lucro.

“Trata-se de um mercado muito pulverizado, sem lideranças. Em menor escala, identificamos empresas fornecedoras de serviços, de infra-estrutura ou de aplicativos, as quais podem disponibilizar datacenters, conectividade, hardware e software, fazendo parcerias com os ASPs ou com elas mesmas aumentando o portfólio e oferecendo tais soluções de hospedagem”, diz Thompson.

Entre as estratégias utilizadas para se conquistar clientes está a proximidade com o usuário, a fim de fazê-lo sentir-se seguro e confortável com este tipo de terceirização. Formalizar parcerias e trabalhar através de um canal de revendas e distribuidores também são caminhos adotados pela maioria dos ASPs.

Segundo a IDC, isso ocorre apesar dos serviços de ASP (Application Service Provider) representarem uma excelente estratégia para as empresas aumentarem seus portfólios e inúmeros benefícios para seus usuários.

Além da imaturidade do mercado continuar dificultando a adesão a estes serviços, os dados apontam que outra forte barreira para a entrada do segmento de ASP no país é o preço da infra-estrutura. A capacidade ociosa dos provedores destes serviços ainda é um fator importante e é o que mantém elevados os custos da infra-estrutura de comunicação de dados, da mão-de-obra especializada, hospedagem e gerenciamento do aplicativo.

“A oferta de serviços de aplicativos é um mercado recente, que ainda não terminou de se estruturar e acaba prometendo muito mais do que pode cumprir. Ainda não surgiu no Brasil um mercado preponderante ou um modelo mais consolidado de negócio. Mesmo assim, com todas as dificuldades atuais e com os próprios fornecedores tendo de driblá-las, as estimativas de crescimento deste mercado são seguras, dados os benefícios que tem a oferecer”, diz Frederico Thompson, analista da IDC Brasil.

A IDC não identificou no Brasil empresas que tenham no modelo ASP a sua única fonte de faturamento, com os lucros gerados somente a partir do aluguel de aplicativos.  O que foi possível detectar no mercado é a oferta de serviços de customização, o que evidencia a dificuldade em se oferecer ferramentas padronizadas, que é uma das maiores fontes de lucro.

“Trata-se de um mercado muito pulverizado, sem lideranças. Em menor escala, identificamos empresas fornecedoras de serviços, de infra-estrutura ou de aplicativos, as quais podem disponibilizar datacenters, conectividade, hardware e software, fazendo parcerias com os ASPs ou com elas mesmas aumentando o portfólio e oferecendo tais soluções de hospedagem”, diz Thompson.

Entre as estratégias utilizadas para se conquistar clientes está a proximidade com o usuário, a fim de fazê-lo sentir-se seguro e confortável com este tipo de terceirização. Formalizar parcerias e trabalhar através de um canal de revendas e distribuidores também são caminhos adotados pela maioria dos ASPs.

Em: 27/09/2006



:: MAIS RECENTES

  • [18/01/2019] Avaya aprimora o programa Edge Channel para impulsionar o crescimento de parceiros
  • [18/01/2019] Sonda amplia time comercial com três novos diretores
  • [17/01/2019] Liq automatiza processos de atendimento com solução de RPA da Nice
  • [17/01/2019] Saúde 4.0: Como o uso da tecnologia torna o setor mais eficiente ao acompanhar a jornada do paciente
  • [17/01/2019] Trend Micro IoT Security 2.0 aprimora a proteção do usuário final e a reputação dos fabricantes de dispositivos
  • [17/01/2019] DB1 Global Software cresce 41% e fatura 41,2 milhões em 2018
  • [17/01/2019] Algar Telecom amplia atuação no segmento de micro e pequenas empresas
  • [16/01/2019] MicroStrategy usa décadas de expertise e atuação exclusiva em analytics para elevar inteligência corporativa a um novo nível
  • [16/01/2019] Atento anuncia cerca de 2,5 mil oportunidades de emprego em estados do Sudeste
  • [16/01/2019] Grupo Viamar cresce 300% em captação de novos leads com solução de CRM e aumenta o número de agendamentos na oficina

  •  
    VAGAS

      

    VAGAS

    CURRÍCULOS

    Banner Rigel Botão Branco

    Banner Guia Botão

    Banner Kinderen

    Banner Call To Call sistema

    CallToCall Terceirização

    CallToCall Cursos


    Se desejar enviar esta página para um amigo, clique no botão abaixo:


     GUIA ONLINE  |  BANNERS  |  ÉTICA  |  GLOSSÁRIO   |  RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   QUEM SOMOS  |  CLIQUE MAIS 

    Sistema Call To Call - 11 5579-0341

    Website criado por interAmplitude