ISSN: 1678-4006
Banner Parceiro Call

Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 17:28:40


 
 BENCHMARK
 CALL CENTER BRASIL
 CASES/PREMIAÇÕES
 EXECUTIVOS
 INTERNET/REDES SOCIAIS
 MARKETING E MERCADO
 MOBILIÁRIO CORPORATIVO
 OPORTUNIDADES
 PESQUISA DE MERCADO
 PRODUTOS E SERVIÇOS
 PROMOÇÕES
 PUBLICAÇÕES
 RECURSOS HUMANOS
 SAÚDE
 TECNOLOGIA TI/TIC
 TREINAMENTO


 
PUBLICIDADE

 

 

 


 
 

 
Notícias

Grandes empresas aumentam 13% investimentos em Tecnologia da Informação, revela IT Mídia

O estudo anual da empresa de comunicação voltada para TI e Telecom mostra ainda que perspectiva para 2002 é de crescimento ainda maior, 24%; prioridade é para softwares e serviços; Compaq ganha em desktop e notebooks e IBM em servidores Intel e mainframe, diz análise inédita das marcas mais utilizadas

As grandes corporações aumentaram 13% seus gastos com equipamentos, softwares e soluções para Tecnologia da Informação (TI) em 2001. A perspectiva para este ano é otimista: 79% das empresas pesquisadas irão aumentar, em média, 24% seu orçamento de Tecnologia da Informação em comparação ao ano passado.

Este é o principal resultado do 2º Estudo Anual “Panorama - A Tecnologia nas Corporações - Grandes Empresas", que acaba de ser realizado pela IT Mídia, empresa de comunicação líder no fornecimento de soluções integradas de mídia para o mercado de Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

Para a obtenção destes dados foram entrevistados 89 executivos de grandes empresas. O investimento das empresas pesquisadas saltou de R$ 2,3 bilhões em 2000 para R$ 2,6 bilhões em 2001.

A pesquisa apurou também quais as marcas de equipamentos mais utilizados nas empresas. Compaq é a mais usada pelos usuários de desktops, notebooks e handhelds; IBM em servidores Intel e mainframes; e SUN para servidores RISC.

"O estudo antecipa o orçamento de TI para 2002 e ajuda os fornecedores de produtos e serviços do setor a entender as necessidades dos maiores usuários corporativos de tecnologia do mercado brasileiro", diz Miguel Petrilli, vice-presidente para comunicações da IT Mídia.

Veja abaixo o ranking do Panorama Grandes Empresas:
SUN (55%); IBM (47%); HP (41%) - Servidores RISC;
IBM (15%); Compaq (7%); HP (3%) - Servidores Intel;
IBM (73%); Unisys (19%); Fujitsu (12%) - Servidores Mainframe;
Compaq (48%); IBM (43%); HP (37%) - Desktops;
Compaq (62%); Toshiba (51%); IBM (41%) - Notebooks;
Compaq (42%); Palm (35%); HP (15%) - Hand helds/PDAs;
IBM (29%); HP e Unisys (empatadas em segundo lugar com 17%); BocaVision e Scopus (empatadas em terceiro lugar com 8%) para Net PCs/Terminais;
Epson (75%); Rima (21%); Olivetti (12%) para Impressoras matriciais;
HP (100%); Epson (24%); Lexmark; Xerox (empatadas em terceiro lugar com 12%) para Impressoras jato de tinta;
HP (93%); Xerox (40%); Lexmark (36%) para Impressoras a laser;
3COM (60%); Cisco (54%); Enterasys (23%) para Switches;
Cisco (45%); Enterasys (23%); 3COM (15%) para Switches-Roteadores;
Cisco (95%); 3COM (13%); IBM (8%) para Roteadores;
3Com (83%); Cisco (11%); IBM (9%) para Hubs.

Entre os sistemas de armazenamento e segurança que receberão investimentos em 2002, os sistemas de back-up lideram a lista com 36%, seguidos de firewalls (35%) e antivírus (33%).

Atualmente, os sistemas de armazenagem e segurança mais utilizados são antivírus (96%), firewalls (92%) e sistemas de back-up (88%).

Inseridos nos negócios
Para verificar dados a respeito do histórico recente das empresas como faturamento e verba destinada a projetos na área de TI, 139 empresas responderam a pesquisa, sendo 49% do setor de serviços, 41% da indústria e 10% do comércio. O levantamento revela que a área comercial continua sendo o alvo dos investimentos em TI por 56% das corporações. Na primeira pesquisa realizada pela IT Mídia, esse percentual era de 70%.

A área de call center surge como a segunda que mais receberá recursos (43%), desbancando a produção, que ocupava esta posição na pesquisa anterior. Em seguida, aparecem administração/financeira (41%) e distribuição/logística (39%).    Quando a pergunta é a composição dos investimentos, as prioridades continuam as mesmas do ano passado: softwares (63%), serviços (53%) e hardware (45%).

As tecnologias ligadas a Customer Relationship Management  - CRM foram apontadas pelo segundo ano consecutivo como o principal investimento em TI. “Isto se deve ao fato de que na fase de implementação desta tecnologia, os objetivos, benefícios e a estrutura necessária para que o projeto obtivesse sucesso não estavam totalmente claros para todos os envolvidos”, explica Petrilli.

“Por isto ainda continua neste ano todo um trabalho para que a quantia investida em 2001 seja justificada”, acrescenta o empresário.

Estrutura de TI e Telecomunicações
O segundo Panorama apurou ainda que em 85% das empresas, as áreas de Informática/Tecnologia e Telecomunicações estão em um único departamento, 12% possuem um departamento único de Informática/Tecnologia e 3% têm departamento único de Telecomunicações.

O estudo indica que as grandes empresas possuem em média 120 profissionais no setor de Tecnologia, sendo que 3% são altos executivos, 8% atuam na média gerência, 61% na área operacional e 28% são terceirizados.

As publicações especializadas e os sites de conteúdo continuam sendo o principal meio de comunicação em que os executivos procuram adquirir conhecimento sobre novas tecnologias.

Em relação aos fóruns especializados, os executivos os utilizam principalmente para interação sobre tendências e também para conhecer novas tecnologias.

Nesta etapa da pesquisa, responderam 112 empresas que fazem parte do grupo de maiores investidores em produtos e serviços de Tecnologia da Informação do Brasil.

Todas as empresas que participaram do levantamento são de grande porte: 42% faturam acima de R$ 1 bilhão; 29%, entre R$ 1 bilhão e R$ 500 milhões; 22% faturam entre R$ 500 milhões e R$ 100 milhões; e 7%, entre R$ 20 milhões  e R$ 100 milhões.

O levantamento apurou que 47% das empresas têm investimentos anuais em TI superiores a R$ 10 milhões e 10% ultrapassam os R$ 50 milhões. Dentro deste grupo 6% investem entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões e 2% investem acima de R$ 100 milhões.

As grandes corporações aumentaram 13% seus gastos com equipamentos, softwares e soluções para Tecnologia da Informação (TI) em 2001. A perspectiva para este ano é otimista: 79% das empresas pesquisadas irão aumentar, em média, 24% seu orçamento de Tecnologia da Informação em comparação ao ano passado.

Este é o principal resultado do 2º Estudo Anual “Panorama - A Tecnologia nas Corporações - Grandes Empresas", que acaba de ser realizado pela IT Mídia, empresa de comunicação líder no fornecimento de soluções integradas de mídia para o mercado de Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

Para a obtenção destes dados foram entrevistados 89 executivos de grandes empresas. O investimento das empresas pesquisadas saltou de R$ 2,3 bilhões em 2000 para R$ 2,6 bilhões em 2001.

A pesquisa apurou também quais as marcas de equipamentos mais utilizados nas empresas. Compaq é a mais usada pelos usuários de desktops, notebooks e handhelds; IBM em servidores Intel e mainframes; e SUN para servidores RISC.

"O estudo antecipa o orçamento de TI para 2002 e ajuda os fornecedores de produtos e serviços do setor a entender as necessidades dos maiores usuários corporativos de tecnologia do mercado brasileiro", diz Miguel Petrilli, vice-presidente para comunicações da IT Mídia.

Veja abaixo o ranking do Panorama Grandes Empresas:
SUN (55%); IBM (47%); HP (41%) - Servidores RISC;
IBM (15%); Compaq (7%); HP (3%) - Servidores Intel;
IBM (73%); Unisys (19%); Fujitsu (12%) - Servidores Mainframe;
Compaq (48%); IBM (43%); HP (37%) - Desktops;
Compaq (62%); Toshiba (51%); IBM (41%) - Notebooks;
Compaq (42%); Palm (35%); HP (15%) - Hand helds/PDAs;
IBM (29%); HP e Unisys (empatadas em segundo lugar com 17%); BocaVision e Scopus (empatadas em terceiro lugar com 8%) para Net PCs/Terminais;
Epson (75%); Rima (21%); Olivetti (12%) para Impressoras matriciais;
HP (100%); Epson (24%); Lexmark; Xerox (empatadas em terceiro lugar com 12%) para Impressoras jato de tinta;
HP (93%); Xerox (40%); Lexmark (36%) para Impressoras a laser;
3COM (60%); Cisco (54%); Enterasys (23%) para Switches;
Cisco (45%); Enterasys (23%); 3COM (15%) para Switches-Roteadores;
Cisco (95%); 3COM (13%); IBM (8%) para Roteadores;
3Com (83%); Cisco (11%); IBM (9%) para Hubs.

Entre os sistemas de armazenamento e segurança que receberão investimentos em 2002, os sistemas de back-up lideram a lista com 36%, seguidos de firewalls (35%) e antivírus (33%).

Atualmente, os sistemas de armazenagem e segurança mais utilizados são antivírus (96%), firewalls (92%) e sistemas de back-up (88%).

Inseridos nos negócios
Para verificar dados a respeito do histórico recente das empresas como faturamento e verba destinada a projetos na área de TI, 139 empresas responderam a pesquisa, sendo 49% do setor de serviços, 41% da indústria e 10% do comércio. O levantamento revela que a área comercial continua sendo o alvo dos investimentos em TI por 56% das corporações. Na primeira pesquisa realizada pela IT Mídia, esse percentual era de 70%.

A área de call center surge como a segunda que mais receberá recursos (43%), desbancando a produção, que ocupava esta posição na pesquisa anterior. Em seguida, aparecem administração/financeira (41%) e distribuição/logística (39%).    Quando a pergunta é a composição dos investimentos, as prioridades continuam as mesmas do ano passado: softwares (63%), serviços (53%) e hardware (45%).

As tecnologias ligadas a Customer Relationship Management  - CRM foram apontadas pelo segundo ano consecutivo como o principal investimento em TI. “Isto se deve ao fato de que na fase de implementação desta tecnologia, os objetivos, benefícios e a estrutura necessária para que o projeto obtivesse sucesso não estavam totalmente claros para todos os envolvidos”, explica Petrilli.

“Por isto ainda continua neste ano todo um trabalho para que a quantia investida em 2001 seja justificada”, acrescenta o empresário.

Estrutura de TI e Telecomunicações
O segundo Panorama apurou ainda que em 85% das empresas, as áreas de Informática/Tecnologia e Telecomunicações estão em um único departamento, 12% possuem um departamento único de Informática/Tecnologia e 3% têm departamento único de Telecomunicações.

O estudo indica que as grandes empresas possuem em média 120 profissionais no setor de Tecnologia, sendo que 3% são altos executivos, 8% atuam na média gerência, 61% na área operacional e 28% são terceirizados.

As publicações especializadas e os sites de conteúdo continuam sendo o principal meio de comunicação em que os executivos procuram adquirir conhecimento sobre novas tecnologias.

Em relação aos fóruns especializados, os executivos os utilizam principalmente para interação sobre tendências e também para conhecer novas tecnologias.

Nesta etapa da pesquisa, responderam 112 empresas que fazem parte do grupo de maiores investidores em produtos e serviços de Tecnologia da Informação do Brasil.

Todas as empresas que participaram do levantamento são de grande porte: 42% faturam acima de R$ 1 bilhão; 29%, entre R$ 1 bilhão e R$ 500 milhões; 22% faturam entre R$ 500 milhões e R$ 100 milhões; e 7%, entre R$ 20 milhões  e R$ 100 milhões.

O levantamento apurou que 47% das empresas têm investimentos anuais em TI superiores a R$ 10 milhões e 10% ultrapassam os R$ 50 milhões. Dentro deste grupo 6% investem entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões e 2% investem acima de R$ 100 milhões.

Em: 27/09/2006



:: MAIS RECENTES

  • [16/07/2019] Hi Platform anuncia compra da Yourviews
  • [16/07/2019] Estudo da Capgemini: 69% das organizações apontam que não serão capazes de responder as ameaças de segurança sem IA
  • [16/07/2019] SoftwareONE lança serviço de comunicações unificadas UCSimple no Brasil
  • [16/07/2019] Argo Solutions amplia seu time e reforça a gestão estratégica de clientes e parceiros
  • [15/07/2019] Mutant abre inscrições para programa de aceleração
  • [15/07/2019] Zendesk amplia integrações com a Amazon Web Service para tornar dados de clientes mais acessíveis
  • [15/07/2019] HyperIntelligence™ ganha o Prêmio Mundial de Inovação Digital de 2019 da Ventana Research
  • [15/07/2019] Conselho Executivo da Orange Business Services evolui para apoiar sua ambição de se tornar líder em Internet das Empresas
  • [15/07/2019] Ascenty conclui expansão de data center no Rio de Janeiro
  • [15/07/2019] Ingram Micro é a primeira distribuidora da Quanergy no Brasil

  •  
    VAGAS

      

    VAGAS

    CURRÍCULOS

    Banner Rigel Botão Branco

    Banner Guia Botão

    Banner Kinderen

    Banner Call To Call sistema

    CallToCall Terceirização

    CallToCall Cursos


    Se desejar enviar esta página para um amigo, clique no botão abaixo:


     GUIA ONLINE  |  BANNERS  |  ÉTICA  |  GLOSSÁRIO   |  RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   QUEM SOMOS  |  CLIQUE MAIS 

    Sistema Call To Call - 11 5579-0341

    Website criado por interAmplitude