ISSN: 1678-4006
MHEscritórios

Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019, 03:59:49


 
 BENCHMARK
 CALL CENTER BRASIL
 CASES/PREMIAÇÕES
 EXECUTIVOS
 INTERNET/REDES SOCIAIS
 MARKETING E MERCADO
 MOBILIÁRIO CORPORATIVO
 OPORTUNIDADES
 PESQUISA DE MERCADO
 PRODUTOS E SERVIÇOS
 PROMOÇÕES
 PUBLICAÇÕES
 RECURSOS HUMANOS
 SAÚDE
 TECNOLOGIA TI/TIC
 TREINAMENTO


 
PUBLICIDADE

 

 

 


 

 
 
Artigos

Artigo 1.479 - Na era pós-internet, a velocidade é o nome do jogo, por Luiz Alberto Ferla
Luiz Alberto Ferla

O mundo foi dividido em duas eras: antes e pós-internet e agora o nome do jogo será velocidade, porque qualquer um pode inovar e as mudanças acontecem sem pedir permissão. Neste cenário, as empresas precisam ficar atentas - as mais lentas serão devoradas pelas velozes. Antes da rede, o mundo era muito mais simples e os planos funcionavam bem.
Hoje, a maioria das grandes mudanças tornou-se imprevisível e é preciso estar atento e ver como as pessoas usam a internet. Muitas vezes, é de um jeito que você não espera, já que a rede é formada por peças soltas que se conectam sem que nada seja planejado.

Estamos vivendo um ponto de virada tão relevante como a revolução provocada pela invenção da prensa por Gutemberg no século XV, que levou a humanidade da fase feudal para a Era Industrial. Os líderes de velhos paradigmas estão encontrando dificuldades em abraçar a mudança, entrar neste novo mundo.

Muitas empresas ainda acreditam que podem sobreviver sem a presença digital e sem fazer uso das redes sociais. Estão enganadas. Não há futuro para a empresa que não busque formas de relacionamento nas redes sociais. Mas é preciso saber o que dizer ao consumidor para criar uma boa percepção da marca. Na rede apenas as boas e relevantes histórias são compartilhadas.

O importante é focar no que é relevante, no que faz sentido para o consumidor e, principalmente, motivá-lo a se engajar e interagir com a empresa, por meio das suas experiências. Consequentemente, essa troca de informações contribui para a melhoria contínua dos produtos, serviços e para fortalecer a imagem das organizações.

Se a internet potencializa o desejo dos consumidores de se expressarem e muda sua relação com as marcas, estas, por sua vez, precisam se perguntar: por que o que faço é importante? Por que o consumidor desejará compartilhar em sua rede social? Mais do que conectadas, as pessoas utilizam a internet para exercer seus direitos com mais intensidade, sem receio.

É nesse cenário que as empresas precisam atuar com agilidade, focando os desejos dos consumidores, que mudam constantemente, e interagindo com eles. Acompanhar esse ritmo é o grande desafio, já que não basta apenas dominar o presente, é necessário antecipar o futuro.
Muitas vezes a saída está em mudar a empresa internamente, ou até mesmo o propósito fundamental da companhia. Para os líderes que quiserem sobreviver, a ordem é criar o novo e aprender a identificar e encontrar as mudanças. E o novo está na web. É lá que sua empresa também precisa estar.

A Internet já é o "continente" mais populoso do planeta, com 2,3 bilhões de "habitantes", e sua maior Rede Social, o Facebook, é o 3º maior "país" do mundo, ultrapassando a marca de 1 bilhão de usuários, no dia 14 de setembro deste ano.
Neste novo continente, repleto de vias duplas de comunicação, todos podem construir, escrever, falar e serem ouvidos, vistos, lidos.
O número de pessoas com acesso à internet no Brasil já soma mais de 83,4 milhões.
Essas pessoas passam cerca de cinco horas por dia nas mídias sociais e fazem uso cada vez mais diversificado delas. Temos ainda a geração NET, com seu desenvolvimento cerebral afetado pelas novas tecnologias. Para os que têm menos de 16 anos, o e-mail já é obsoleto. Eles se comunicam em redes sociais, em tempo real.

A chegada da internet também reduziu radicalmente os custos da colaboração em rede e, por consequência, estabeleceu um ambiente mais propício para a inovação constante, imprescindível para o crescimento das empresas.
É importante estimular a inovação, nutrindo a marca, para que ela continue viva. No mundo pós-internet as pessoas demonstram preferência por marcas sustentáveis.
O setor empresarial pouco tem feito nesta direção, mesmo sendo o mais poderoso dos protagonistas do desenvolvimento sustentável.

Para ter sucesso na web, seja sustentável e conte boas histórias, sem esquecer que vivemos num mundo de mudança rápida. Amanhã tudo pode ser diferente.

Publicado em: 17/01/2013

Confira os comentários já feitos para este artigo:

 
VAGAS

  

VAGAS

CURRÍCULOS

Banner Rigel Botão Branco

Banner Guia Botão

Fundação Abrinq

Banner Call To Call Cotações

Banner Call To Call Cursos

Banner Call To Call sistema


Se desejar enviar esta página para um amigo, clique no botão abaixo:


 GUIA ONLINE  |  BANNERS  |  ÉTICA  |  GLOSSÁRIO   |  RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   QUEM SOMOS  |  CLIQUE MAIS 

Sistema Call To Call - 11 5579-0341

Website criado por interAmplitude